All I've Got Is Insane

7/31/2015 10:06:00 AM


Hoje dei-me conta de que já fazem 15 dias desde que voltei pra casa, sendo que essa semana tá sendo possivelmente uma das mais emocionalmente estressantes que eu já tive na vida adulta.
Uma imensa coleção de desesperos, decepções e autocríticas. Na primeira semana de volta tudo deu certo porque eu tinha três metas para aquela semana. Meu único trabalho era me preparar pra concluir essas metas com sucesso e quando domingo chegou, a última meta foi cumprida com quase excelencia.

Desde segunda fiquei com uma sensação de algo novo. Que nem quando eu voltei de Belo Horizonte pra Brasília e era tudo diferente e mesmo assim familiar. Nova escola, novos ares... existe um cheiro de mudança no ar que caracteriza muito quando algo novo tá pra acontecer. Mas não tem nada novo acontecendo, apenas a velha monotonia e chateação de sempre.

Sinto que aqui nessa casa a paz é algo que está um pouco longe de mim. Tenho duas opções: suck it up e entrar nesse jogo pra não me estressar ou me rebelar toda vez que algo me incomodar e acabar desencadeando mais uma série de chateações como recompensa. Advinha qual eu sempre escolho? Pois é.

Tá tudo errado.

Uma sequência de frustrações encheram minha mente e eu tô, honestamente, esgotada. Pronta pra algo diferente e calmo, mas é meio difícil começar projetos novos quando os que estavam em andamento simplesmente pararam no mesmo lugar, né?

Pego meu caderno de anotações e com uma só folheada vejo que ele está repleto de histórias incompletas. Vejo projetos fotográficos com a mesma temática do meu obtendo muito sucesso e lembro do meu professor falando que eu tinha que step up my game se eu quisesse mais reconhecimento. Vejo minha wishlist só aumentando e minha imagem estática por trás dela, assistindo e desejando tudo aquilo que tá ali sem ao menos aparecer com um bom plano pra conseguir tudo o que eu quero.

Percebi que essa é a minha vida, sempre foi.
Uma coleção de coisas incompletas e metas não atingidas por pura falta de esforço. Eu tenho medo do sucesso, de ir atrás. Tô destinada a fracassar com esse pensamento.

Talez seja isso mesmo, talvez seja apenas essa semana que está péssima.

Estava com essas palavras a semana inteira na cabeça, mas esperei até sexta por um sinal de que algo bom iria vir.

Hoje eu acordei com um pouco de otimistmo. Talvez otimismo não seja a palavra certa, eu acordei com um conformismo. Agora é só esperar que as coisas boas venham depois das ruins.

*

These sensations barely interest me for another day
I've got the spirit, lose the feeling, take the shock away

Ouça: Disorder - Joy Division

Veja Também

0 comentários

Diga o que pensas:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe